Robert Waldinger TED Talk: Do que é feita uma vida boa? Lições do mais longo estudo sobre felicidade

Como Fazer Uma Mulher Gozar
15 de fevereiro de 2017
casal-tedio-separacao
5 formas de avaliar se seu relacionamento caiu na rotina
23 de fevereiro de 2017

Robert Waldinger TED Talk: Do que é feita uma vida boa? Lições do mais longo estudo sobre felicidade

Por meio de uma palestra realizada pelo psiquiatra Robert Waldinger na qual atuou como diretor de um estudo que durou 75 anos sobre o desenvolvimento de pessoas adultas chegamos à conclusão sobre as coisas que realmente importam para que tenhamos uma vida mais feliz.

Em sua palestra, na qual foi publicada por meio do TED, o psiquiatra faz determinadas reflexões acerca de nossas vidas, baseando-se no longo estudo que ele auxiliou na direção e criação. Uma de suas indagações foi:

“Enquanto estamos passando pela vida, o que realmente nos torna mais felizes? O que realmente nos torna mais saudáveis? Gastamos tempo e energia naquilo que é correto? ”

Banner Pomada do Dração e do Tigre

Em uma pesquisa realizada com o apoio da Geração Y (pessoas nascidas entre 1978 e 1990), 80% dos entrevistados disseram que o grande objetivo de suas vidas era ficar rico. Enquanto outras 50% das mesmas pessoas entrevistadas disseram que o grande objetivo de suas vidas era ficar famoso. Mas para que esses objetivos possam se concluir, devemos dar um valor maior para o trabalho, dando o melhor de nós para que possamos ter uma vida boa futuramente.

Outra indagação feita por Robert Waldinger foi:

“E se tivéssemos a possiblidade de estudar as pessoas desde a fase de sua adolescência até a sua velhice para saber o que realmente mantém as pessoas felizes e saudáveis mentalmente? ”

Robert desenvolveu o Estudo de Desenvolvimento Adulto, em Havrd, e este estudo é considerado o estudo mais longo sobre a vida adulta que já foi feito. Após 75 anos, ele passou a vida acompanhando e estudando como mais de 724 homens levavam suas vidas, e após cada ano, perguntando sobre o trabalho deles sobre suas vidas domésticas, saúde outras coisas.

Essas perguntas eram feitas o tempo todo, sem que Robert ao menos soubesse a história de suas vidas ou como suas vidas seriam. Por conta disso, Robert uniu persistência e muita sorte de muitas gerações de pesquisadores para que este estudo fosse levado a diante.

Cerca de 60 homens, dentre os 724 na qual foram estudados, ainda estão vivos e ainda participam do estudo.

O estudo foi realizado com o indivíduo em suas próprias casas com suas respectivas informações médicas, coletando sangue e escaneando seu cérebro, além de tudo, ele falou com seus filhos e filmou as conversas com suas esposas acerca das maiores preocupações de cada uma delas.

Robert novamente indagou:

“Então, o que podemos aprender com base nesses estudos? Que tipo de lições podem ser extraídas a partir das centenas de milhares de páginas saturadas de informação sobre a vida humana? ”

É importante ressaltar que nenhuma dessas lições é sobre riqueza, sobre fama ou sobre trabalhar mais e mais. A principal mensagem na qual podemos extrair desse estudo é: como podemos adquirir bons relacionamentos para nos mantermos mais felizes e saudáveis?

A propósito, conexões sociais são muito e importantes, e a felicidade de cada pessoa pode estar no modo em que ela se socializa com outras e como isso afetará sua vida.

Veja a palestra completa:

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *