O mundo dos filmes 50 tons

O que é BDSM? Já ouviu falar em Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo? Também conhecidos como BDSM, as práticas já aderidas por muitas pessoas, chegaram ao conhecimento de uma maioria devido ao lançamento dos livros da série 50 Tons de Cinza e também do filme de mesmo nome inspirado no primeiro volume da escritora E. L. James.

Normalmente fala-se em sadomasoquismo, mas os fetiches ligados à BDSM vão muito além. É uma cultura praticada por pessoas que gostam de se aventurar no sexo e usam o corpo e a mente para isso. Tanto em quatro paredes, como em grupo, os fetiches podem proporcionar momentos inesquecíveis de prazer. Além disso, pesquisas comprovam que praticantes de BDSM(bondage e disciplina, dominação e submissão, sadismo e masoquismo) podem obter a partir destas atividades uma série de benefícios físicos e mentais como um menor grau de neuroticismo, traço semelhante à ansiedade, se mostraram ainda mais seguros, confortáveis e calmos em seus relacionamentos.

Mas com iniciar esta prática? Te damos dicas de duas modalidades a Bondage e o Sadomasoquismo que estão presentes nos filmes 50 tons, mas primeiro vamos entender a diferença de cada uma delas.

Banner Pomada do Dração e do Tigre

Bondage: é a chamada arte de amarrar pessoas, existem diversas técnicas e formas de se fazer a amarração. O fetiche pode ser realizado com fitas, algemas cordas, correntes, ou o que mais a imaginação permitir.

Sadismo: é quando uma pessoa tem prazer em provocar a dor no parceiro. Lembrando que dentro do BDSM esse tipo de prática é totalmente segura e apenas realizada com consentimento.

A característica mais marcante da prática desse fetiche é a presença de um dominante e de um submisso, onde o submisso deve aceitar a sua posição e tudo o que o dominante ditar para que a brincadeira aconteça durante a relação sexual. O submisso aceita todas as suas posições vulneráveis e deixa a responsabilidade de ditar o ritmo e os rumos do sexo nas mãos do parceiro dominante. Combine com seu(ua) parceiro(a) quem vai ocupar cada papel durante a fantasia, e estabeleça os limites de cada um.

O Sadomasoquismo é uma fantasia que utiliza a mescla de prazer e dor, poderá ocorrer algum momento que o dominante perca o controle do submisso e acabe com o clima do sexo. Por isso, é importante que estabeleçam os limites da brincadeira antes mesmo de pensar em realizá-la. Esta pratica brinca com limites e desafia você sendo comum o submisso usar palavras como ”Não” ou “Para”, pois fazem parte da brincadeira. Portanto, é fundamental que vocês criem alguma PALAVRA DE SEGURANÇA para quando for necessário parar com a brincadeira de forma momentânea ou interrompê-la definitivamente por causa de desconforto. No filme 50 tons a palavra de segurança era VERMELHO.

Depois que vocês escolheram os personagens (submisso e dominador), conversaram sobre os limites e escolheram a palavra de segurança está na hora da diversão.

Inicie a brincadeira com itens simples como amarrar o submisso a cama para que ele não possa se mover e reagir aos impulsos de prazer, vende seus olhos, privando o submisso de um dos sentidos os outros irão aflorar. Utilize uma grande variedade de toques sensuais usando gelo, calor, tecidos como a seda, língua, dedos, vibradores, etc. Capriche nos beijos e no sexo oral, se quiser ainda incremente com puxões de cabelo, leves tapas e a utilização de assessórios como chicotes e chibatas. Inspire-se no filme e use sua imaginação para uma transa incrível e cheia de novidade.

Gostou do tema de BDSM e quer praticar? Na nossa próxima caixa estaremos trazendo todo esse universo com vários itens para tornar essa prática ainda mais prazerosa. Corre lá no nosso site e garanta a sua edição Sado no mês de fevereiro.

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *