Fio Terra? Bio toque? Que negócio é este?

Sempre que se fala em práticas sexuais como o fio terra (bio toque), as pessoas sempre demonstram muito preconceito e, além disso, muita desinformação. Em primeiro lugar, é importante entender o seguinte, a região anal é cheia de terminações nervosas e fluxo sanguíneo muito elevado, assim como a vagina e a glande do pênis. Em segundo lugar, anatomicamente, tanto a ânus feminino, quanto o masculino são exatamente iguais. Por isso algumas mulheres e alguns homens sentem prazer nessa região.

No entanto, como se sabe, o desejo sexual não nasce apenas em nossos corpos, mas também em nossas mentes. E é justamente nelas que nascem os problemas. A verdade é que vivemos numa sociedade bastante conservadora e até preconceituosa, que acredita que existem algumas práticas sexuais que são “certas” e outras “erradas” e também práticas permitidas e práticas proibidas.

Tudo que está relacionado com o sexo anal, já é cercado de preconceito, sobretudo quando diz respeito ao homem. Com o fio terra não seria diferente. Antigamente, os homens eram ensinados que eles precisavam ser “machos” acima de tudo, assim como as mulheres infelizmente aprendiam que o sexo é para o homem sentir prazer e elas, nessa relação, deveriam ser meramente objetos pelo qual o homem deveria ser satisfeito. E o grande problema é que hoje, há uma parte da sociedade que ainda pensa assim.

Banner Pomada do Dração e do Tigre

Numa sociedade ideal, desse ponto de vista, pelo menos, todas as pessoas teriam a liberdade de aceitar e desfrutar de seus desejos, vontades e fantasias, sem medo e sem culpa. Infelizmente, sabemos que não é assim, mas se a sociedade não é assim, pelo menos, a sua relação pode ser, uma relação na qual possamos ser mais abertos tanto para dizer o que queremos, quanto para ouvir o que o outro quer sem julgá-lo.

Portanto, se você tem vontade e é uma dessas pessoas que não tem medo de experimentar coisas novas, que não tem medo de aceitar por inteiro, tanto você quanto seu parceiro, seguem algumas dicas para não errar na hora H. Em primeiro lugar, o uso do lubrificante ou anestésico é essencial, pois assim como no sexo, ele facilita a penetração. Outra coisa importantíssima é o cuidado com as unhas, elas precisam estar bem aparadas e limpas. A região do ânus também precisa estar bem limpinha, obviamente. Outra dica importantíssima é o cuidado na hora da prática, pois o ânus é uma região muito delicada e frágil, portanto, haja com cautela e sem pressa.

Também é importante ressaltar que, como já dissemos, muitas pessoas sentem prazer ao serem tocados na região anal por ela ser cheia de terminações nervosas, além disso, no homem, a proximidade com a região da próstata também pode intensificar o prazer, ela, aliás, é conhecida como o ponto G masculino e muita gente afirma que a estimulação dessa área pode causar um orgasmo mesmo sem que haja estimulação do pênis. Já na mulher, a estimulação anal, devido à pressão exercida através da mucosa anal, pode causar atrito com a mucosa vaginal, o que também pode intensificar o prazer.

Se você ou o seu parceiro tem vontade de fazer fio terra, por que não? Se vocês têm uma relação na qual o amor e o respeito são os principais pilares, o máximo que pode acontecer, se não der certo, é a história toda virar motivo de boas gargalhadas.

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *