E.L. James: autora de Cinquenta Tons de Cinza

Erika Leonard James, popularmente conhecida pelo pseudônimo E.L. James, é a autora da trilogia milionária de livros e filmes “50 Tons de Cinza”.

Nascida em 7 de março de 1963, E.L. James conquistou fãs por todo o mundo com o bestseller erótico “Cinquenta Tons de Cinza”, lançado em 2011 pela editora Arrow Books, no Reino Unido, vendeu mais de 10 milhões de exemplares nas seis primeiras semanas. Um recorde para o gênero romance erótico.

Em 2012, já era considerada pela revista ‘Time’ uma entre as 100 pessoas mais influentes do mundo. E no ano seguinte, em 2013, entrou para a lista das 100 celebridades mais poderosas da revista Forbes.

Banner Pomada do Dração e do Tigre

Começo da Saga “Cinquenta Tons”

L. James cresceu em Buckinghamshire, Reino Unido, e estudou na Universidade de Kent, conseguindo um trabalho como assistente de direção na “NationalFilm and Television School” e, posteriormente, atuando como executiva de televisão.

Casada com um roteirista e mãe de dois filhos adolescentes, o seu maior sonho desde a infância era escrever histórias pelas quais os leitores se apaixonassem, porém, teve que adiar esses sonhos para se concentrar na família e na carreira.

Quando finalmente a oportunidade surgiu, Erika, utilizando o usuário “Snowqueens Icedragon”, começou a escrever fanfictions online (histórias feitas por fãs) baseada na obra da autora da saga Crepúsculo.

Ou seja, o sucesso Cinquenta Tons de Cinza nasceu como uma fanfic de Crepúsculo, com o nome de “Master of the Universe”. Conforme a história foi crescendo e ganhando cada vez mais fãs e visibilidade, ela decidiu mudar os nomes – inicialmente Bella e Edward – e publicar a história em um site próprio.

Assim surgia Cinquenta Tons de Cinza.

A história fez tanto sucesso, que chamou a atenção e criou uma grande disputa pelas editoras, sendo publicada em livro físico pela Arrow Books em 2011, vendendo mais de 10 milhões de exemplares nas seis primeiras semanas.

Na sequência e já pelo pseudônimo de E. L. James, escreveu e publicou os outros dois livros da série, Cinquenta tons mais escuros e Cinquenta tons de liberdade, completando a trilogia que se tornou o maior fenômeno editorial dos últimos anos.

Segundo a autora, a trilogia foi o resultado de sua crise de meia idade. “Todas minhas fantasias estão ali [no livro]”.

A Trilogia “50 Tons de Cinza”

Originalmente publicado com o nome de “Fifty Shades of Grey” (As Cinquenta Sombras de Grey, numa tradução livre), a trilogia conta a história de Anastasia Steele, uma virgem de 21 anos e estudante de literatura. E Christian Grey, um jovem bilionário, dono de uma grande empresa e extremamente sexy.

Após entrevistar Christian Grey para o jornal da faculdade, Anastasia passa a ter um relacionamento com o magnata. A trama se desenrola em Seattle e, ao longo dos livros, a personagem principal descobre, por meio do playboy, o mundo do sadomasoquismo, com ricos detalhes de bondage, sadismo e masoquismo.

Nos demais livros, são abordados o passado de Christian Grey e o relacionamento entre ele e a Anastasia. Bem como o envolvimento dos dois com o sadomasoquismo.

Obras de E.L. James

Confira abaixo as principais obras da autora lançadas até o momento:

– 2011: Fifty Shades of Grey (“Cinquenta Tons de Cinza”, título no Brasil);

– 2012: Fifty Shades Darker (“Cinquenta Tons mais Escuros”)

– 2012: Fifty Shades Freed (“Cinquenta Tons de Liberdade”);

– 2015: Grey (“Grey – Cinquenta tons de cinza pelos olhos de Christian”);

– 2017: Darker  (“Mais Escuro – Cinquenta tons mais escuros pelos olhos de Christian”).

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *