Beijo grego, o que é isso? Será que é bom?

O beijo grego ainda é uma das práticas sexuais mais cercadas de preconceitos e tabus. Essa prática não é bem vista e aceita por muitas pessoas, na verdade, tudo que está relacionado ao sexo anal é sempre mal visto pela sociedade e quem pratica ou gosta da coisa quase sempre sente necessidade de esconder isso.

Para todos os leitores e leitoras, gostaríamos de deixar bem claro que o objetivo desse site não é o de convencer ninguém a fazer nada que não queira, apenas de mostrar alternativas para quem quer deixar sua vida sexual ainda melhor, alternativas para todos os gostos, vontades e desejos.

O fato é que muitas pessoas que praticam o beijo grego sentem muito prazer. Isso porque a região anal é composta de terminações nervosas e, por isso, é uma região muito sensível ao toque e às carícias. No entanto, existem pessoas que podem achar a prática um tanto nojenta ou então que não se sentem a vontade o suficiente para fazê-lo. Agora, se você ou seu parceiro querem experimentar, ou se irão sentir prazer com isso e incluir a prática no cotidiano do casal, já é outra história.

Banner Pomada do Dração e do Tigre

Bom, se você tem curiosidade sobre o beijo grego ou tem vontade de experimentar, vamos ao que interessa. Mas primeiro, para quem não está familiarizado com o termo, a gente explica. O beijo grego é uma prática que consiste numa espécie de sexo oral, mas em vez de ser feita no órgão genital do parceiro, ela é realizada na região anal. Assim como o sexo oral, ela pode incluir beijos, carícias etc. Isso depende dos desejos e do prazer de cada um.

Antes de começar alguns cuidados são necessários, pois a região anal tem muitas bactérias e, além disso, assim como qualquer outra prática sexual, o beijo grego pode transmitir alguma DST, como herpes, HPV, HIV etc. Por isso, a higienização da região anal é muito importante antes de começar a prática, é preciso eliminar o máximo possível de resíduos. Então, um bom banho antes de começar é sempre indispensável. Além disso, outra coisa importante é que o beijo grego deve ser praticado sempre antes da penetração anal, se houver.

Na hora do beijo, ter cuidado também é essencial, é possível começar com o sexo oral e chegar até a região com calma e suavidade. Quando estiver lá, comece devagar e vá tentando perceber o que estimula mais a outra pessoa, se notar que ela ou que você não estão se sentindo à vontade o suficiente, você pode partir para outra área e voltar quando a situação estiver mais tranquila. Outra dica de ouro, segundo quem pratica, é usar as mãos na região genital, as duas coisas ao mesmo tempo prometem sensações novas e muito prazer.

É sempre bom lembrar que para que um casal tenha uma vida sexual saudável é preciso, primeiro, ter um relacionamento saudável, no qual ambos sejam respeitados, e no qual sejam respeitados os desejos e as fantasias de ambos. Por isso, se você ou seu parceiro tem interesse em praticar o beijo grego é muito importante isso seja discutido pelo casal, ainda que seja brevemente na hora do sexo, assim, vocês evitam desentendimentos e situações constrangedoras.

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *