7 Dicas para o sexo no chuveiro

Sexo no chuveiro é uma ótima maneira de sair da rotina. Às vezes pensamos que para inovar, precisamos de posições ou lugares malucos, mas apenas a mudança de ambiente dentro de casa pode dar aquela apimentada na relação.

Além de diferente, uma vez que não é algo que o casal faz comumente, também é um momento para fortalecer a intimidade. Sem contar que pode ser a saída para aqueles que ficam afastados durante o período menstrual da mulher.

No entanto, é preciso tomar alguns cuidados, já que a experiência do sexo no banheiro pode ser tão maravilhosa quanto desastroso. Afinal, estamos falando de um espaço limitado e escorregadio. Então, para que a cena quente com o (a) seu (sua) parceiro (a) não se torne uma comédia (ou pior, terror), veja as dicas abaixo:

Banner Pomada do Dração e do Tigre

 

1 – Espaço limitado

Como dito acima, o banheiro é um cômodo da casa geralmente muito limitado. Apesar de o vapor quente da água e a pegação tornarem o espaço convidativo e agradável, lembre-se que a probabilidade de seu (sua) parceiro (a) estar sob a água quentinha enquanto você congela fora do chuveiro é bem grande.

 

2 – Esteja preparado para imprevistos

Escorregões e tombos são apenas alguns exemplos desconcertantes do que pode acontecer se o casal não tiver cuidado. Como o chão estará molhado, é preciso estar preparado e ter em mente que, mesmo excitante e gostoso, o sexo no chuveiro não será igual aos filmes e é bom estar preparado para imprevistos.

 

3 – Regule a temperatura da água

Todos adoramos um banho de água quentinha, não é? Porém, é comum sentir muito calor quando se está transando e se a água estiver em uma temperatura muito quente, a relação pode acabar ficando desconfortável devido ao constante calor.

Logo, é bom ficar de olho na temperatura da água e regular conforme as coisas forem evoluindo. Num geral, a água morna é a mais recomendada.

 

4 – Cuidado com o sexo oral

Considere o tamanho do box em que você estiver com o (a) seu (sua) parceiro (a) antes de fazer sexo oral.

Isso porque, dependendo do local em que o chuveiro está e vocês decidem ficar, torna-se quase impossível se abaixar ou inclinar a cabeça sem correr o risco de se afogar com a água corrente.

Então tome bastante cuidado ao fazer sexo oral e, se possível, escolha um ponto onde a água não caia com tanta força sobre a sua cabeça.

 

5 – Camisinha

É possível usar camisinha quando estiver fazendo sexo no chuveiro. Porém, existe a grande chance de o contato do látex com a água gerar desconforto no momento da penetração. Afinal, a lubrificação pode diminuir bastante.

Além disso, se for mal colocada ou do tamanho errado, a camisinha sofre o risco de romper com a entrada da água, comprometendo a sua eficácia. Sendo assim, é recomendado que o casal busque outro método contraceptivo fora o preservativo.

 

6 – Posições sexuais

 

A posição mais comum do sexo no chuveiro é de costas para o parceiro com as mãos na parede, pois é fácil e não dependente do tamanho do box.

No entanto, há outras posições que o casal pode tentar, como a posição em que a mulher fique encostada na parede e com as pernas entrelaçadas na cintura do parceiro (o homem precisa ter força para manter a parceira suspensa).

Outra dica é, se o espaço permitir, colocar um banquinho para facilitar algumas posições onde os parceiros ficam sentados.

 

7 – Tenha bom humor e não desista

Pode parecer que o sexo no chuveiro tem mais contras do que prós, mas, acredite, é uma prática muito prazerosa e que tem grandes chances de ser a melhor experiência do mundo. Então, invista nessa tentativa.

Se acontecer algum micão, tenha bom humor e leve a situação com leveza. Afinal de contas, seja dentro do banheiro ou no quarto, sempre estamos propensos a essas circunstâncias constrangedoras. Esteja disposto a rir com o parceiro ou parceira.

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *