6 Séries com mulheres lésbicas para assistir já! 

Os 12 fatores de sucesso nos relacionamentos
15 de fevereiro de 2018
Termômetro das crises
26 de fevereiro de 2018

6 Séries com mulheres lésbicas para assistir já! 

Mulheres Lésbicas

Mulheres Lésbicas: As séries são uma febre mundial e ninguém pode discordar disso. Serviços de streaming arrecadam milhões com esse tipo de produção e as temáticas são das mais variadas, desde ação e ficção científica à questões humanas que atualmente temos liberdade de abordar, como a sexualidade e gênero, por exemplo.

Essas produções trouxeram à tona a importância da representatividade e visibilidade de minorias na mídia, especialmente da comunidade LGBT. Sem contar que ajudam muitos de seus expectadores no processo de autodescoberta e aceitação da sexualidade.

Cada vez mais as séries que tratam de temas LGBT estão fazendo muito sucesso e possuem um público bastante fiel. Nesse post, nós falaremos especialmente sobre algumas séries com mulheres lésbicas e suas narrativas.

Banner Pomada do Dração e do Tigre

 

Séries com mulheres lésbicas que você precisa assistir!

Confira a seguir 6 séries que falam sobre relações lésbicas:

 

1 – The L Word

The L World

“The L Word” é a primeira série com mulheres lésbicas que falaremos aqui.

A trama de gira em torno de um grupo de lésbicas que vivem em Los Angeles, contando sobre as suas vidas e os seus amores.

Jenny, a personagem principal, é recém-formada pela Universidade de Chicago, mas se muda para Los Angeles com o propósito de morar junto ao namorado, Tim, que começou uma carreira como escritor profissional.

Porém, Jenny vê a sua vida dar uma reviravolta ao conhecer Bette e Tina, suas as vizinhas que estão juntas há sete anos e prestes começar uma família.

Em uma festa, Jenny esbarra com Marina e, de repente, esse encontro a faz começar a questionar a própria sexualidade.

 

2 – Pretty Little Liars

Pretty Little Liars

A série conta a história de cinco amigas: Hanna Marin, Emily Fields, Spencer Hastings, Aria Montgomery e Alison DiLaurentis.

De repente, a mais popular do grupo, Alison DiLaurentis, desaparece sem deixar vestígios e tal acontecimento faz com que todos acreditem que ela foi assassinada. O acaba destruindo a amizade entre suas quatro amigas inseparáveis.

Essa tragédia une os destinos de Spencer, Hanna, Aria e Emily novamente. Porém, o problema verdadeiramente começa quando as quatro garotas passam a receber mensagens de alguém que se auto intitula “-A”, ameaçando-as de contar todos os seus segredos – estes que apenas Alison poderia saber.

A personagem Emily, a mais a leal e tímida do grupo, é lésbica em segredo.

 

3 – Sense 8

Sense8

Sense8 foi primeira aposta da Netflix no mundo da ficção científica e ganhou muitos fãs graças ao seu conceito.

A série narra a história de oito estranhos (chamados sensates), que repentinamente começam a “compartilhar um cérebro coletivo” (ou perto disso). Em outras palavras, eles compartilham sensações, pensamentos e experiências uns dos outros.

Porém, o seu conceito vai muito além. Apesar de a narrativa, de maneira geral, tratar do respeito a evolução das capacidades humanas, as pequenas divisões na trama abordam a condição humana, como questões sociais, psicológicas e existenciais.

Embora não seja uma série de mulheres lésbicas propriamente dita, Sense8 bate forte na tecla da igualdade de direitos. A diversidade de sexualidades, etnias, culturas e lugares são pontos fortes e muito marcantes da trama. E, mais que isso, mostra o quão é importante pensar no próximo e respeitar as diferenças.

 

4 – You Me Her

You me her

A história se desenrola quando, Emma e Jack, afogados em um casamento destruído pela rotina e outros fatores, se apaixonam por Izzy, uma garota de programa de luxo.

Ambos se veem em um dilema para assumir que estão apaixonados por Izzy e também que ela pode ser a solução para o casamento deles, uma vez que vivem em um bairro extremamente tradicional e cercados de famílias do mesmo estilo.

Obs.: as cenas entre a Izzy e a Emma são sensacionais!

 

5 – Carmilla

Carmilla

Outra série com mulheres lésbicas (na verdade, webserie) que tem feito bastante sucesso é Carmilla. Ela está disponível no Youtube e conta com 4 temporadas (temporadas 1 e 2, temporada zero, e temporada 3).

A história é baseada nos contos do irlandês Le Fanu e traz uma vampira se apaixona por sua colega de quarto e então descobre como a sua vida pode ser boa. Juntas, elas precisam enfrentar a mãe de Carmilla, uma bruxa que quer abrir os portões do inferno.

 

6 – Lip Service

Lip Service

Lip Service é uma série com mulheres lésbicas criada pela BBC3, canal inglês, e conta a história de um grupo de amigos que vive em Glasgow, na Escócia, mas tem como essência as tramas dos relacionamentos que existem entre as mulheres.

O casal principal é formado por Frankie e Cat. A primeira é uma fotógrafa que passou dois anos nos Estados Unidos e retorna a Glasgow para resolver problemas familiares; a segunda é uma arquiteta que gosta de manter seus relacionamentos sob controle.

Muitos estão dizendo que Lip Service veio para “substituir” a série ‘The L Word’, ainda que haja diferenças entre as duas séries.

Banner E-book Kunyaza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *